10 minutos a Ler

No ano passado aceitámos o desafio do Plano Nacional de Leitura instituindo um momento de leitura por prazer no quotidiano dos nossos alunos com o projeto 10 minutos a ler.  Tivemos uma grande percentagem de turmas a ler, em diferentes disciplinas, algumas no início da aula, outras no final, e, para muitos, trazer uma obra literária na mochila tornou-se um hábito.

Este ano queremos dar continuidade a este projeto.

Vamos iniciar em outubro com as seguintes modalidades:

1– Todos a ler

2– Histórias na rádio

3- Eu sou o que leio

Para conseguirmos que a leitura seja um hábito, há todo um papel a desempenhar pelas famílias, mas também, nós, escola, temos de persistir nesta prática regular de leitura. Contamos convosco!

Tira Dúvidas Online

A Biblioteca vai iniciar um serviço de apoio Online (síncrono e via Zoom) para esclarecimento de dúvidas relacionadas com recursos digitais.

Alunos – 4.ª feira das 16.30 às 17.10

Professores – 4.ª feira das 17.30 às 18.10

No Boletim Mensal da Biblioteca vais encontrar o link de acesso.

Desenvolve a tua Literacia Digital!

Jornal Escolar CREAÇÃO

Já vai no número 47 o jornal CREAÇÃO, que vem sendo publicado há dezasseis anos pelo nosso Agrupamento.

A última edição, publicada em junho de 2020, encontra-se disponível na biblioteca, e nela poderás encontrar notícias sobre projetos e atividades, reportagens, textos informativos e de opinião, curiosidades, passatempos e muitas fotografias!

É um jornal para todos e construído por muitos: alunos de todos os ciclos, professores, encarregados de educação, ex-alunos…

Também podes participar neste projeto com textos e imagens da tua autoria.

O 1.º número deste ano letivo sai em dezembro. Envia as tuas propostas para o endereço creesfga@gmail.com até ao dia 27 de novembro.

Este ano será publicada também a nona edição do livro Manta de Retalhosantologia de textos e trabalhos gráficos dos alunos.

Concurso Vozes da Juventude

Competição de vídeo no âmbito do Fórum de Dados Mundial das Nações Unidas 2020

O Fórum de Dados Mundial das Nações Unidas promove uma competição de vídeos para jovens dos 15 aos 24 anos.

Os participantes nesta competição deverão apresentar, até 30 de setembro de 2020, vídeos com 1 minuto mostrando o impacto que os dados estatísticos têm na sua vida e no mundo que os rodeia.

Os interessados poderão consultar informação adicional na página do Departamento de Estatística das Nações Unidas (UNSD):

Informação mais detalhada

Programa da competição


Bom Ano 2020 – 2021!

Chegou a hora de dar início a mais um ano letivo.

A Biblioteca deseja a todos os alunos, professores, funcionários e familiares um bom ano, com saúde e muita energia positiva.

Aqui ficam dois pequenos vídeos realizados pela DGE sobre os cuidados a ter no regresso às aulas.

Pré-escolar e 1.º Ciclo

2.º ciclo, 3.º ciclo e secundário

Leitura a 4 patas

pepper

O projeto Leitura a 4 Patas, realizado nas 5 escolas básicas de 1.º Ciclo com alunos do 2.º ao 4.º ano, envolveu 29 crianças.
A Cães&Livros – R.E:A.D. Portugal acompanhou 28 alunos e foi financiada pela Câmara Municipal de Cascais e pelas empresas Garland e OMNOVA. As equipas Cátia&Pepper e Cristina&Mina realizaram um total de 267 sessões presenciais e 198 sessões Online.
Integraram, também, o projeto a Teca e a professora Teresa Freitas, que acompanharam uma aluna da escola EB1 da Abóboda 2.
Os resultados foram excelentes! A capacidade leitora foi amplamente desenvolvida e os alunos ganharam confiança e aprenderam a gostar de ler.
Obrigada às técnicas da Cães&Livros, às três talentosas cadelas leitoras, aos professores, aos encarregados de educação e, especialmente, aos “padrinhos” que apoiaram este projeto e tornaram possível a sua concretização.

Parabéns aos alunos que, através da leitura, ganharam asas e entraram no mundo maravilhoso dos livros!

Jornal CreAção nº47

Já saiu o jornal CreAção! Com 56 páginas, contou com uma equipa de 14 jornalistas efetivos (11 alunos e 3 professores) e 55 colaboradores, alunos e professores.

Aqui ficam os Temas de Capa e o Editorial…

jornal 47a

Esta é uma edição mista, em tempos “normais” e “anormais”… O acesso à escola foi interdito, mas a escola continuou e alunos e professores continuaram a pensar, a resolver problemas, a escrever, a contar e a ler histórias. Porque somos humanos, porque precisamos de histórias para nos inventarmos e reinventarmos e precisamos todos que esta história tenha um final feliz…está difícil, está a ser muito exigente para todos. A escola precisa de olhares, de sorrisos, de presença. Máscaras deixemo-las para o teatro, para o drama pessoano, nós queremos ver-nos, sem medo, sem hesitações. Precisamos da conversa, do diálogo, da presença física, do abraço.
Em tempo de pandemia a biblioteca não fechou, nem fisicamente (assim que foi possível esteve aberta para apoiar os alunos do ensino secundário) nem virtualmente. O blogue esteve vivíssimo com as histórias da Teca que desencadearam criativas e divertidas atividades, “A menina do mar” não se perdeu, reinventou-se num formato diferente (vídeo livro). Via plataforma zoom, o “Chá com Letras” não deixou de se realizar, Desconhecido nesta morada foi a obra que despoletou uma enriquecedora discussão sobre o comportamento humano e as condicionantes socioeconómicas que o moldam.
Os nossos alunos mais crescidos foram interpelados a refletir sobre estes tempos, escrevendo sobre a pandemia e formas de mudar o mundo e os mais pequeninos do 6.º ano foram desafiados a refletir em conjunto sobre as suas origens, tradições e a importância que a família tem na identidade de cada um. Mas os textos não se constroem apenas pela palavra, a imagem é também expressão do tempo e os alunos de artes do 12.º ano recriaram graficamente estes dias de quarentena e as novas rotinas que ela forçou a criar.
Quando estávamos na escola e podíamos sair, fomos até Itália, no âmbito do projeto Erasmus +, uma experiência extremamente enriquecedora que nos deu mais mundo, mais paisagens, mais afetos, mais consciência ambiental e cívica e mal imaginávamos que esta zona de Itália seria a primeira a dar o grito de alerta numa Europa ameaçada. A viagem à Roménia foi cancelada, mas havemos de lá ir! Outras viagens foram infelizmente adiadas como a visita a França ou ao sudoeste alentejano, mas ainda pudemos dar um salto a Portalegre para mais uma sessão do Parlamento Europeu Jovem que selecionou três dos nossos alunos para a sessão nacional a realizar-se…para o ano. A feira das ciências e o sarau desportivo, a representação do grupo de teatro T. Com foram outros grandes adiamentos… mas cá vos esperamos! Interessa lembrar o que se realizou: a apresentação de propostas para Orçamento participativo Jovem de Cascais; a Semana dos Afetos ( nunca imaginámos que aqueles abraços tinham de durar tanto tempo); a fase concelhia do Concurso Nacional de Leitura, com mais uma vitória ( André Pina) e um adiamento ( fase distrital).
Porque a leitura e os seus sentidos fazem muito sentido continuámos os dez minutos a ler, divulgamos livros entre os mais pequenos e mais crescidos, o projeto Viva a Biblioteca continuou a fazer crescer os nosso meninos enquanto cidadãos, o Projeto livro de leitura do 4.º ano fez da expressão escrita uma rotina e um prazer, a banda desenhada animou todo o agrupamento, e não esquecemos a solidariedade com uma recolha de livros para Moçambique porque não basta debater temas cruciais como Transformar o nosso mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento sustentável( Encontro Regional da Rede das Escolas Associadas da UNESCO em que o AEFGA participou) , há que agir, participar nessa transformação.
É para isso que trabalhamos tentando responder a José Tolentino Mendonça, ( jornal Expresso de 18.04.2020) quando nos interpela sobre aquilo em que nos tornaremos como indivíduos e comunidades. Queremos que os alunos AEFGA compreendam “que estamos no mesmo barco e que só há futuro na cooperação e na implementação de outros modelos de existência coletiva” e que face ao dilema moral “nós ou eu” optem pela primeira pessoa do plural que somos e que precisamos de ser hoje, mais do que nunca.

Histórias da Teca – A Menina do Mar

his teca

Os vencedores do concurso de poesia A Menina do Mar foram:

1.º Lugar –  Francisco Carvalho

A Menina do Mar

De frente para a praia,
Havia uma casa branca.
Onde vivia um rapaz
com uma grande imaginação
e sem se aperceber
fez uma bela canção.

Cantava sobre peixes
Polvos e caranguejos.
Até sobre…
A menina do seu coração

Quem conhece a história
Sabe que é linda de encantar.

Imaginava-se a nadar
Acompanhado de golfinhos,
Peixes e estrelas do mar.

Para um dia encontrar a ilha
Onde queria morar.

Dentro dos seus sonhos
Encontrou a menina do mar.
Do seu mundo de ilusões
Não queria acordar!

Esta é uma história
Que queria partilhar
Aprendi na minha escola
Adorei a Menina Do Mar!

2.º Lugar –  Diogo Neves

Eu e o mar

Eu fui ver o mar
E o que lá encontrei,
Gostei!
Havia tanto para apanhar,
Que nem duvidei.
Eram conchas e mais conchas
E todas apanhei.
Depois, fiquei a olhar o mar
E toda a sua beleza,
Até que da água
Saiu uma surpresa.
Era uma menina
Que veio ter comigo à areia,
Falamos de tudo
Até que caiu a Lua cheia.
Amanhã volto outra vez
Para mais brincadeira.

3.º Lugar –  Clara Nogueira

O MAR

No mar há coisas de encantar
Estrelas do mar, cavalos marinhos
E peixes gordinhos
Coisas de pasmar.

Conchas, algas e corais
Peixes grandes e pequenos,
Cores lindas e brutais
Assim é o mar sereno.

Ondas limpas e azuis
Trazem seres e muita beleza,
Quando olho o mar ao fundo
É impossível sentir tristeza.

Se eu vivesse no mar
Às pessoas ia mostrar
O tão mal que lhe fazem
Por não o quererem cuidar.

 

E sobre a Atividade 3 – Imagina que um dia a Menina do Mar vem visitar a terra. Faz uma lista de 10 locais, coisas ou sensações (cheiros, sons, toques…) que a menina do mar não pode perder – aqui ficam algumas propostas dos alunos do 3.ºB, da escola EB1 da Abóboda 2.

quadro menina

Da atividade 4 – Imagina que um dia tens a oportunidade de visitar o fundo do Mar. O que te propomos é que construas uma prenda para ofereceres aos cinco heróis desta história – a Menina do Mar, o menino, o polvo, o caranguejo e o peixe. Justifica a escolha que fizeste – aqui ficam 2 exemplos de prendas.

desenos menina