Declaração Universal dos Direitos Humanos

A 10 de Dezembro de 1948 a Assembleia Geral  das Nações Unidas aprovou a  Declaração Universal dos Direitos Humanos como o ideal comum a ser atingido por todos os povos e todas as nações, com o objetivo de, através do ensino e da educação, promover o respeito a esses direitos e liberdades, assegurando o seu reconhecimento e a sua observância universal e efetiva. Segundo o Guinness, a Declaração Universal dos Direitos Humanos é o documento traduzido no maior número de línguas, existindo atualmente 360 traduções.